VAMOS DIVULGAR

Mais uma ferramenta para a divulgação de nosso trabalho, professores, pedagogos, psicológos, pais, alunos e todos que acreditam que a educação é a base para a transformação, vamos visitar e fazer sugestões, críticas para continuarmos nessa trajetória e fazer com que os nossos jovens tenham um futuro melhor, que tomem consciência que são capazes de se transformarem em atores principais neste palco que é a vida.







quarta-feira, 11 de abril de 2012

Análise crítica a partir do filme A fuga das galinhas e do texto Liderança e Poder nas Organizações:


No filme “A fuga das galinhas” existem várias posturas que um líder deve ter ao tomar a galinha Ginger como exemplo de líder nato e trazendo para a rotina de uma verdadeira organização notam-se características como: idéias brilhantes, capacidade de motivar seu grupo, capacidade para expressar e transmitir as informações necessárias e, principalmente, saber tomar uma decisão com rapidez e precisão no momento certo.
As galinhas tentam fugir, mas todas as tentativas são frustradas, pois muitas tem medo de serem pegas e mortas por terem tentado fugir, ou então dos cachorros que vigiam a granja. Ao traçarmos um paralelo com o texto Liderança e Poder nas Organizações é possível logo de inicio identificar o conceito de liderança, pois o texto define como líder “um líder é alguém que esta no comando ou é o chefe de pessoas” e ainda que o líder seja alguém que tem o poder de influenciar, a galinha Ginger tinha esse poder, agora ela influenciou as outras galinhas ou as outras galinhas por medo se deixaram influenciar? A nossa protagonista era uma líder informal, ou seja, surgiu da interação com os seus colegas, entretanto até o momento que uma de suas amigas fora morta por não colocar ovos nossa líder estava no anonimato, sua liderança surgiu de sua indignação com a condição ao qual se encontrava.
Seria muito complicado um agrupamento sem a presença de um líder, sendo que o mesmo é o norteador do caminho a ser seguido pelo grupo, servindo de exemplo, no filme as galinhas fracassavam em todas as tentativas até se organizarem e serem lideradas ou convencidas por Ginger que existia um mundo melhor fora da granja, sem cercas e que a cerca não está na granja e sim em suas mentes, se não fosse o poder de persuasão da líder elas não teriam alcançado seus objetivos, pois as galinhas não aceitaram de imediato a visão da colega.
Segundo French e Raven existem cinco fatores para que um líder exerça seu poder de influencia que são: experiência, referência, legitimidade, recompensa e coerção, no caso do filme a líder além de servir como referência pois todas as colegas gostavam dela também usou de recompensa, que seria a liberdade tão almejada.
E o que dizer da líder não ser o líder? O galo Rocky que chegou dizendo que era possível voar, entretanto como o texto Liderança e Poder nas Organizações destaca claramente, as mulheres a muito vem se destacando no mundo dos negócios e podemos ver claramente que o estilo de liderança dos homens e das mulheres são diferentes, enquanto a galinha usava de seu poder de persuasão por viver o drama diário das amigas que iam embora por não serem produtivas , o galo recém-chegado tinha como principal característica seu poder de sedução, algo que não foi suficiente para vencer o bem estar emocional que a líder proporcionaria as suas lideradas.
Tentando por diversas vezes vencer as cercas e o segurança que utiliza cães na fiscalização da granja que até parece com o verdadeiro esquema de presídio. Derrotar a guarda e escapar da pena (morrer se não produzir quantidade de ovos) e o que as galinhas tentam a todo instante.
As galinhas são persistentes, apesar de muitos fracassos nos seus planos de fuga, há pontos importantes que são mostrados: a perseverança (não desistir da ideia de liberdade, sonhos, projetos), o condicionamento (algumas galinhas não queriam arriscar, pois estavam conformadas com a condição de inferioridade) a subestimação da inteligência (a dona da granja em relação à organização das galinhas).Mas sem sombra de dúvidas o maior fator e realmente à liderança da galinha Ginger, que prestava atenção em todos os detalhes e buscava ajudar a todos de várias maneiras.
Antes da ideia da construção do avião elas utilizaram vários métodos para tentar fugir, sem obter sucesso, pois elas não tinham ainda a noção que sem um trabalho planejado não se alcança sucesso, os objetivos devem ser comuns para alcance das metas (Organização, espírito de equipe), a ideia do sucesso depende de trabalho (metas alcançadas) e sonhos (conquista dos objetivos).
Todos os fatores que segundo Spctor abordou no seu livro deve estar presente seja qual for o estilo, a característica ou perfil de um líder.

Referências:

SPCTOR, Paul E. Psicologia das Organizações – Liderança e Poder nas Organizações – 2ª ed. São Paulo: Saraiva, 2006. p. 329-355

PETER, Lord.; PARK, Nick. A Fuga das galinhas. [Filme-vídeo]. Produção de Produção: Peter Lord, Nick Park e David Sproxton, direção de Tim Farrington. Reino Unido, 2000. DVD, 84 min. color. son.

Um comentário:

  1. As mulheres vieram de uma época em que era obrigada a viver sempre inferior aos homens, seu trabalho era cuidar da casa, dos filhos e do marido, sem receber nenhuma recompensa por esse sacrifício e agindo de forma que a sociedade não maldasse seu comportamento e atitudes em relação aos seus deveres como esposa e mãe. O tempo passou e algumas mulheres ainda se conformam em viver em tal condição, assim como as galinhas da Granja da Família Tweedy que precisaram ter uma líder como a galinha Ginger para perceber a real situação em que estavam vivendo e que fora dali teriam uma vida muito melhor sem ter que cumprir as obrigações impostas pela Senhora Tweedy. Mas, para chegar a essa conclusão as galinhas tiveram a ajuda de Ginger, é o caso de muitas mulheres que provavelmente tiveram um alerta, e com muito esforço, determinação, perseverança, subestimação, condicionamento, liderança que hoje exerce as mais variadas profissões e ocupam as mais diversificadas áreas de trabalho.

    ResponderExcluir

Esse espaço é nosso, portanto fiquem a vontade para comentar sobre todos os artigos.